TELEVENDAS:
WHATSAPP
(31)
3899-3551
9 9819-5913
Meu Carrinho
0

Fisiologia e Manuseio Pós-Colheita do Pimentão

100356
0 avaliações

Fisiologia e Manuseio Pós-Colheita do Pimentão

100356
0 avaliações
R$ 25,00 em 1X de R$ 25,00 (Sem juros)
Parcelas e formas de pagamento
Visa
1 x R$ 25,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 25,00
MasterCard
1 x R$ 25,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 25,00
Amex
1 x R$ 25,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 25,00
Elo
1 x R$ 25,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 25,00
Aura
1 x R$ 25,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 25,00
Jcb
1 x R$ 25,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 25,00
Diners
1 x R$ 25,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 25,00
Discover
1 x R$ 25,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 25,00

Gostaria de receber notificação quando este produto estiver disponível?

Calcular frete e prazo
Entrega Frete Prazo
Digite um CEP e clique no botão OK.
Embrapa Hortaliças
Sinopse: O correto manuseio durante e após a colheita é importante para garantir a qualidade sensorial, nutricional e microbiológica dos alimentos assim como para reduzir as perdas. As perdas pós-colheita impactam a sustentabilidade dos sistemas agroalimentares nas três dimensões: econômica, social e ambiental. Elas reduzem a disponibilidade e aumentam o preço dos alimentos comprometendo a segurança alimentar. Elas também têm um grande impacto sobre o meio ambiente seja pelo uso em vão de recursos naturais escassos para produzir alimentos que são descartados, seja pela geração de lixo que é enviado para lixões e aterros sanitários (HIGH LEVEL PANEL OF EXPERTS ON FOOD SECURITY AND NUTRITION, 2014). O pimentão, como as demais hortaliças, é um alimento perecível cujas perdas podem ser consideráveis quando as necessidades de manuseio durante a após a colheita não são atendidas. Essas perdas podem ser quantitativas, quando se referem à fração do alimento que não é consumido, mas descartado, ou qualitativas, quando se referem ao decréscimo da qualidade sensorial, nutricional e/ou microbiológica do alimento ainda próprio para consumo. A presente publicação é parte integrante de uma parceria entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Embrapa Hortaliças com o objetivo de estabelecer as normas para a Produção Integrada do Pimentão. Ela se propõe a servir de literatura de apoio para a tomada de decisões quanto ao manuseio pós-colheita da cultura de acordo com os princípios da Produção Integrada. A Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) está focada na adequação de sistemas produtivos para geração de alimentos e outros produtos agropecuários de alta qualidade e seguros. Os produtos agrícolas certificados pelo Mapa e pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) como oriundos de produção integrada são produzidos de acordo com práticas sustentáveis de produção e consequentemente são mais saudáveis para o consumo, garantindo ainda menor impacto ambiental do que produtos convencionais e a valorização da mão de obra rural (BRASIL, 2015).

Tipo: Livro
Título: Fisiologia e Manuseio Pós-Colheita do Pimentão
Autores: Milza Moreira Lana
Editora: Embrapa
ISBN: 978-85-7035-662-8
Assunto: Livros
Idioma: Português
Data de Lançamento: 2017
Número de Páginas: 74
Tamanho: 24 x 17
Edição: 1ª
INTRODUÇÃO

FISIOLOGIA PÓS-COLHEITA
1. CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DO FRUTO NA PLANTA – OU COMO O FRUTO CHEGA AO PONTO DE COLHEITA
2. PROCESSOS PÓS-COLHEITA QUE LEVAM À DETERIORAÇÃO OU PORQUE O FRUTO ESTRAGA DEPOIS DE COLHIDO

TECNOLOGIA PÓS-COLHEITA – OU O QUE PODE SER FEITO PARA RETARDAR O PROCESSO DE DETERIORAÇÃO PÓS-COLHEITA
1. ESTADO DA ARTE
2. OPERAÇÕES

REFERÊNCIAS
Até o momento não há avaliações para esse produto.

Fisiologia e Manuseio Pós-Colheita do Pimentão

R$ 25,00

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções.
UFV Editora
-
AVENIDA PETER HENRY ROLFS, S/N, Edifício Francisco São José, CAMPUS UNIVERSITARIO | 36570-900-Viçosa-MG | CNPJ: 02.414.568/0003-46