TELEVENDAS:
WHATSAPP
(31)
3612-2067
9 9819-5913
Meu Carrinho
0

O Reformismo e a contrarrevolução â estudos sobre o Chile

Expressão Popular
106626
0 avaliações

O Reformismo e a contrarrevolução â estudos sobre o Chile

Expressão Popular
106626
0 avaliações
Parcelas e formas de pagamento
Visa
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00
MasterCard
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00
Amex
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00
Elo
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00
Aura
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00
Jcb
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00
Diners
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00
Discover
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00
Hipercard
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00
Hiper
1 x R$ 35,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 35,00

Gostaria de receber notificação quando este produto estiver disponível?

Calcular frete e prazo
Entrega Frete Prazo
Digite um CEP e clique no botão OK.

Embora estude o Chile na década de 1970, O reformismo e a contrarrevolução: estudos sobre o Chile é um livro imprescindível à compreensão do Golpe de Estado de 2016 no Brasil e de seus desdobramentos.

Sobre o golpe de 1973, Ruy Mauro Marini indica que “diante do fracasso de suas aspirações eleitorais, as classes dominantes reviram sua estratégia para enfrentar o movimento popular e promover a derrocada do governo”. Esta ofensiva, de corte abertamente fascista, não poderia contudo ser dissociada das estratégias perpetradas pela própria esquerda chilena – que se dividira entre uma estratégia reformista e uma estratégia revolucionária. Nesta última, o governo da Unidade Popular não poderia ser considerado como etapa prévia ao processo revolucionário, mas como parte de um mesmo processo, a ser continuadamente radicalizado pelos setores cuja consciência permitisse cumprir o papel de vanguarda na luta de classes.

Marini, em O reformismo e a contrarrevolução, analisa o caráter burguês do Estado capitalista e as particularidades do Estado capitalista dependente. Dedica-se, portanto, à problemática da tomada e manutenção do poder pela classe trabalhadora. Partindo de uma interpretação marxista sobre a dependência em Nuestra América, Marini se debruça sobre a unidade entre o fascismo e o combate ao reformismo, em meio a uma ofensiva contrarrevolucionária.

Com atualidade impressionante, os artigos aqui recolhidos apontam os limites das políticas de conciliação de classes para a conquista e conservação do poder. Sua tradução ao português é salutar e vem em boa hora: Ruy Mauro Marini, brasileiro, escreveu no exílio. Grande parte de sua obra é ainda desconhecida do público em nosso país. O reformismo e a contrarrevolução deve ser lido por todastodos e todes que se preocupam com as contradições do reformismo e do desenvolvimentismo para a construção de uma estratégia socialista de superação do capitalismo. (Marina Machado Gouvêa)

REF: 9788577433728
Categorias: - Coleção América Latina, - Lançamentos Expressão Popular!, Editora Expressão Popular
Tags: 2aEscolhaClubedoLivro, cdl2019, Clube do Livro Expressão Popular, Expressão Popular, Ruy Mauro Marini
Autor:
Ruy Mauro Marini

Número de páginas:
276

ISBN:
9788577433728

Editora:
Expressão Popular

ID do produto: 33404

Até o momento não há avaliações para esse produto.

O Reformismo e a contrarrevolução â estudos sobre o Chile

R$ 35,00

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções.
Livraria UFV
-
livraria@ufv.br Avenida Peter Henry Rolfs, s/n, Caixa postal 334, Centro | 36570-900-Viçosa-MG | CNPJ: 02.414.568/0003-46