TELEVENDAS:
WHATSAPP
(31)
3612-2067
9 9819-5913
Meu Carrinho
0

Principais Parasitoses e Doenças dos Peixes Cultivados

083665
0 avaliações

Principais Parasitoses e Doenças dos Peixes Cultivados

083665
0 avaliações
R$ 81,00
2X de R$ 40,50 (Sem Juros)
Parcelas e formas de pagamento
Visa
1 x R$ 81,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00 2 x R$ 40,50 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00
MasterCard
1 x R$ 81,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00 2 x R$ 40,50 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00
Amex
1 x R$ 81,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00 2 x R$ 40,50 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00
Elo
1 x R$ 81,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00 2 x R$ 40,50 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00
Aura
1 x R$ 81,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00 2 x R$ 40,50 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00
Jcb
1 x R$ 81,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00 2 x R$ 40,50 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00
Diners
1 x R$ 81,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00 2 x R$ 40,50 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00
Discover
1 x R$ 81,00 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00 2 x R$ 40,50 (Sem Juros) Total Parcelado: R$ 81,00

Gostaria de receber notificação quando este produto estiver disponível?

Calcular frete e prazo
Entrega Frete Prazo
Digite um CEP e clique no botão OK.

Sinopse: , Em piscicultura intensiva os peixes invariavelmente são submetidos a condições adversas, como a deterioração da qualidade da água, a inadequada nutrição, o intenso manuseio nas despescas, classificações, transferências e transporte vivo, alta concentração de animais, opressão por predadores, entre outras condições que desencadeiam estresse. Tais adversidades reduzem a resistência dos peixes aos parasitos e patógenos, favorecendo a ocorrência de doenças.

Tipo: Livro
Título: Principais Parasitoses e Doenças dos Peixes Cultivados
Autores: Fernando Kubitza et al.
Editora: Editora Kubitza
ISBN: 9788598545035
Assunto: Livros
Idioma: Português
Data de Lançamento: 2013
Número de Páginas: 130
Tamanho: 15x21
Edição: 5ª
1. Introdução
2. Susceptibilidade dos peixes aos parasitos e patógenos
3. Modo de transmissão de doenças e parasitoses
4. Mecanismos de defesa dos peixes
     4.1. Mecanismos de defesa não específicos
        4.1.1. O muco dos peixes
        4.1.2. Proteção mecânica (escamas e pele)
        4.1.3. Defesa humoral e celular
        4.1.4. Inflamação e reconstituição de tecidos
        4.1.5. Reação de emergência sob estresse
     4.2. Mecanismos específicos de defesa
        4.2.1. Imunidade humoral
        4.2.2. Imunidade celular
     4.3. Fatores que afetam o sistema imunológico
5. Prevenção de doenças e parasitoses
6. Sinais de deficiências nutricionais, doenças e parasitoses
7. Profiláticos e terapêuticos no controle de parasitos e patógenos
8. Principais parasitos dos peixes
     8.1. Protozoários e dinoflagelados
        8.1.1. Ichthyophthirius multifilis
        8.1.2. Outros protozoários parasitos
        8.1.3. Oodinium pilullaris
     8.2. Trematodos monogênios
        8.2.1. Gyrodactylus
        8.2.2. Dactylogyrus
        8.2.3. Cleidodiscus
     8.3. Trematodos digênios
     8.4. Crustáceos copépodos
         8.4.1. Argulus ou “piolho de peixe”
         8.4.2. Ergasilus sp.
         8.4.3. Lernaea sp.
     8.5. Saprolegniose (infecções fúngicas)
     8.6. Vermes parasitos
     8.7. Chave para a identificação de parasitos
9. Principais bactérias patogênicas dos peixes cultivados
     9.1. Aeromonas e Pseudomonas
     9.2. Flavobacterium columnaris
     9.3. Streptococcus sp.
10. Doenças nutricionais
     10.1. Perdas atribuídas às desordens nutricionais
     10.2. Inanição
     10.3. Deficiências em aminoácidos essenciais
     10.4. Anemias nutricionais
     10.5. Cataratas e exoftalmias nutricionais
     10.6. Deformidades corporais e nas brânquias
     10.7. Deficiências vitamínicas e minerais em geral
     10.8. Outros distúrbios de caráter nutricional
11. Síndromes de caráter ambiental
     11.1. Síndrome do sangue marrom
     11.2. Doença ambiental das brânquias (DAB)
     11.3. Síndrome da bolha de gás (embolia)
12. Procedimentos para Necropsia dos Peixes
     12.1. Coleta e conservação dos exemplares
     12.2. Avaliação das condições gerais de cultivo
     12.3. Análise externa (macro e microscópica)
     12.4. Análise interna (macro e microscópica)
13. Monitorando a saúde dos peixes
     13.1. O primeiro passo
        13.1.1. Observação rotineira da resposta alimentar
        13.1.2. Outras características do comportamento dos peixes que devem ser observadas
     13.2. Anatomia externa e interna dos peixes
        13.2.1. Exame dos olhos, cabeça e opérculos
        13.2.2. Exame das brânquias
        13.2.3. Aspecto geral das vísceras
        13.2.4. Exame do trato digestivo
        13.2.5. Baço
     13.3. Organizando as informações
Bibliografia Recomendada
Até o momento não há avaliações para esse produto.

Principais Parasitoses e Doenças dos Peixes Cultivados

R$ 81,00

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções.
UFV Editora
-
AVENIDA PETER HENRY ROLFS, S/N, Edifício Francisco São José, CAMPUS UNIVERSITARIO | 36570-900-Viçosa-MG | CNPJ: 02.414.568/0003-46